Atualize seu Navegador Nós detectamos que você esta usando uma versão obsoleta do Internet Explorer como seu navegador web.
Para entrar no site e usufruir de todos os recursos, por favor instale uma versão mais atual do IE.
Só levara alguns minutos para completar.

O site também pode ser visto usando:

Notícia

O que é aposentadoria integral?

(Foto: Reprodução/Freepik)

Atualmente, o INSS calcula a média salarial com as 80% maiores remunerações recebidas pelo segurado desde julho de 1994. Os salários de períodos anteriores, recebidos em outras moedas, são considerados na contagem do tempo total de contribuição, mas não entram no cálculo da média. Essa regra vai mudar com a reforma da Previdência e o INSS passará a considerar todos os salários.

O trabalhador pode conseguir a aposentadoria integral quando atingir, na soma da idade com o tempo de contribuição, o índice 86 (mulheres) ou 96 (homens), além de ter cumprido o tempo mínimo de contribuição, de 30 e 35 anos, respectivamente.

O benefício é considerado integral quando não há descontos na média salarial. Com isso, a aposentadoria ou a pensão é igual à média salarial.

Atualmente, o INSS calcula a média salarial com as 80% maiores remunerações recebidas pelo segurado desde julho de 1994. Os salários de períodos anteriores, recebidos em outras moedas, são considerados na contagem do tempo total de contribuição, mas não entram no cálculo da média. Essa regra vai mudar com a reforma da Previdência e o INSS passará a considerar todos os salários.

O trabalhador pode conseguir a aposentadoria integral quando atingir, na soma da idade com o tempo de contribuição, o índice 86 (mulheres) ou 96 (homens), além de ter cumprido o tempo mínimo de contribuição, de 30 e 35 anos, respectivamente.

Fonte: Jornal Agora